sábado, 28 de novembro de 2009


...e houve um dia que eu sonhei com uma realidade absoluta
acreditei em tuas palavras de amor e tal como uma femea ensandecida
deixei que me penetrasses a alma e buscasse no mais fundo de mim
o meu pior segredo
deixei que olhasses com esses olhos crus a minha intimidade
que ficou aflorada com tua presença...
deixei que circundasse minha vida e olhasse de perto tudo o que sou
e tal como uma fera obstinada em sua presa
voce me atacou e me amou com um amor único, pleno, inteiro, vivo...
e hoje eu já nao sonho...vivo.

Rosane Silveira
(proteja os direitos da autora)

Um comentário:

Ricardo disse...

[b]Oi Rosane!

Muito prazer em te conhecer!
Eu sou Ricardo... rsrsr...
Está lindo o seu blog!
Parabéns querida amiga poetisa!
Os seus poemas são encantadores,
intensos e apaixonados!
Assim como você!
Votarei mais vezes aqui para
Apreciar as novidades!
Linda você!
Beijos meus!
Ricardo g Denunes