quinta-feira, 25 de setembro de 2008



HOMEM SOFREDOR


É TÃO GRAVE O SEMBLANTE DO DESAMOR
VER A LÁGRIMA QUE ESCORRE PELA ALMA
NESSE LAMENTO DE TRISTEZA E DOR

COMO É TRISTE A DOR DO DESAMOR
AQUELA DOR DOÍDA, SENTIDA, REPRIMIDA
QUE MACHUCA E DILACERA O CORAÇÃO
DO SOFREDOR

COMO É TRISTE... MEU DEUS! COMO É TRISTE...
VER NO MUNDO TANTO SOFRIMENTO E DOR
TENTAR COLHER NOS OLHOS DO OUTRO
UM POUCO DE PIEDADE,LUZ E CALOR

FAZER-SE PLENO COM UM FACHO DE LUZ
TENTAR SENTIR NO OUTRO O CORAÇÃO PULSANDO
E SUPLICAR UM POUCO DE AMOR
E VER NELE SOMENTE INCOERÊNCIA
POR TANTO LAMENTO E DOR

OH SENHOR, COMO É TRISTE
O SOFRIMENTO DO HOMEM QUE
MORRE UM POUCO A CADA DIA
TENTANDO COLHER NO OUTRO
SÓ UM POUCO DE AMOR.

ROSANE SILVEIRA
ÀS 07:09 DO DIA 25/09
(PROTEJA OS DIREITOS AUTORAIS)

Um comentário:

dulce disse...

Seu blog ta lindo,
sua sensibilidade chega a me emocionar em seus poemas...
você exala vida...